Lançamento do Livro

"AVENTURA ESTIVAL"

12 de Setembro de 2015 - 15H30

 

Convite

Caríssimos,
Tomei a liberdade de os contactar. Sou uma jovem autora natural do Casteleiro. O meu nome é Edite Fonseca e sou emigrante há diversos anos e acabo de lançar uma nova obra infantil para o vasto mercado livreiro no qual desejo singrar. Para esta nova obra colaborei com as primas do Príncipe Alberto de Mónaco, filhas dos Duques de Castro, as princesas Maria Carolina e Maria Chiara de Bourbon Deux-Siciles, ilustradoras da obra com sabor a Verão e que promete nos fazer viajar até às aventuras vividas nas nossas meninices.

Para a realização do novo livro também contei com o apoio de Benjamim Monteiro e da jornalista Dina Aguiar (RTP), autores dos dois prefácios que contém a obra. Apesar da obra editada pela Papiro Editora se encontrar em circulação há diversas semanas a apresentação oficial da mesma vai ter lugar em Lisboa, na Casa do Concelho do Sabugal, um espaço situado no coração da capital e com muito simbolismo para os Sabugalenses. A apresentação estará a cargo de ambos o prefaciadores e seguir-se-á um cocktail/porto de honra onde vão estar representados diversos produtos raianos, tais como o azeite, o queijo, as compotas e a charcutaria. Diversos vinhos, inclusive os da aldeia de onde sou natural, o Casteleiro e os da jornalista Dina Aguiar estarão disponíveis para degustação.

Recorde-se que a escritora, poetisa e jornalista publicou a primeira obra em 2014. Trata-se de um romance intitulado “Kassandra uma infância tumultuosa”, e foi editado pela Chiado Editora. Seguiu-se “Daniela e a pedra mágica”, publicada pela mesma Editora, para a qual foram criadas duas mascotes, a Daniela e o Tomás.

A última obra "Uma aventura estival", à semelhança da anterior, trata-se de uma literatura infanto-juvenil durante a qual se relatam as aventuras de André, um menino traquina que escapa pela janela para viver aventuras mil sem se importar com a preocupação que estava a dar aos familiares que o procuraram durante horas a fio.

No passado fui voluntária no Hospital Necker, um estabelecimento hospitalar da cidade de Paris especializado no cuidado de crianças. Foi um dos factores que fizeram de mim uma mulher sensível e que anseia contactar um vasto público que vai desde as crianças até aos mais idosos, para os fazer viajar através das aventuras relatadas nas obras e poemas já publicados. Os leitores das obras testemunham que “… Edite Fonseca, vive a sua escrita com sensibilidade, partilha-a e faz dela o seu fado mais sentido!”- citou Dina Aguiar no prefácio da obra “Aventura Estival”. A jornalista também salientou: “… a autora exalta o Amor, a bondade, a paz, a união familiar, neste caso uma família tradicional portuguesa, e também a solidariedade e entreajuda que se manifesta sempre na sociedade atual em situações de perda.” Dina Aguiar referiu ainda: “De uma forma natural Edite Fonseca consegue, num misto de ingenuidade infantil e enredo, contagiar-nos e prender-nos nesta aventura infantil que tem um final feliz …”.

Apesar de ter tido uma infância tumultuosa, que retratei na primeira obra, tudo leva a crer num futuro bastante diferente…

Através das minhas obras anseio relatar a minha história e vivências mostrando a todos os que me conhecem, lêem os meus livros ou escutam as minhas palavras que “vale a pena acreditar e ter fé em melhores dias, pois se lutarmos com afinco o sol vai brilhar na nossa vida” - frase da autora. Já o grande Fernando Pessoa dizia: - "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena".

Ao público e aos leitores de decidirem por eles próprios sendo caso para dizer “ver para crer”, ou neste caso ler para crer…

SINOPSE:
Aventura Estival “… conta momentos da vida de um menino, numa casa de praia. Apesar de gostar muito de se divertir com os pais também ambicionava experienciar novas aventuras. André brincou na praia e nadou nas águas do mar. Apanhou banhos de sol, construiu castelos, colecionou conchas... Mas a criança queria desvendar os mistérios do mapa do tesouro. Sonhava encontrar o farol do qual, um dia, o avô lhe tinha falado, o mesmo que estava desenhado no mapa secreto que tinha recebido de presente. Escapou pela janela e sozinho vai explorar novos mundos com os quais vai aprender. Teve de lidar com um caranguejo atrevido, atravessar uma gruta secreta, fugir da maré alta que o encurralou no obscuro e descobrir o esconderijo da chave para entrar no tão pretendido farol... Dificuldades que conseguiu superar com muita coragem. Vários ensinamentos estão presentes tais como o valor da entreajuda, o gosto pela vida e o saber usufruir dos momentos e das coisas mais simples, tais como os frutos da mãe natureza, neste caso os recursos marítimos. Faça da sua vida uma festa cada dia e do seu verão uma verdadeira canção de otimismo e alegria.”

 

Disponibilizo-me para prestar qualquer informação adicional ou entrevista, subscrevo-me com os melhores cumprimentos, e aproveito o ensejo para convidar o órgão de V. Exa. a estar presente nesta sessão cultural.

 

 

 

Cartão Convite

Comunicado de Imprensa